Imprensa

Veja o que estão falando sobre nós.

voltar para imprensa

Tecnologia permite controlar objetos ou dados gerados à distância

Publicado em 19.12.2016

Share on Facebook0Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on Twitter

Tecnologia permite controlar objetos ou dados gerados à distância

As grandes empresas do setor de tecnologia elegeram o ano que vem como o da “internet das coisas”. Ou seja: a internet presente em todos os objetos, tão comum como água na torneira. Criadispositivos ou sistemas que informam dados ou autonomizam processos é assunto para ficar de olho. A “internet das coisas” é uma das nossas tendências de negócios para 2017.

Como será viver no futuro? Em “De volta para o futuro II”, um clássico de 1989, os aparelhos eletrônicos entendiam o que as pessoas pediam. Conversar com os eletrônicos já é uma realidade, só que não por comando de voz pelo “IOT”: nada mais do que internet das coisas, em português.

Uma tecnologia que permite controlar objetos ou dados gerados por ele à distância, desde que conectados à internet. Por exemplo, em casa: a geladeira consegue identificar quando acabam os produtos que você costuma comprar e já fazer automaticamente o pedido para o supermercado.

Um aparelhinho no teto, conectado à internet, sabe muito do que acontece dentro da loja. Ele identifica o consumidor pelo wi-fi do celular dele, se estiver ligado.

O sistema, criado pela empresa, envia os dados para o aplicativo, também pela internet. O dono ou gerente da loja podem usar isso para saber, por exemplo, qual o horário de maior movimento e melhorar as vendas.

O Márcio Kogut, consultor em tecnologia, vai ainda mais longe. “Você já vai ser monitorado antes de entrar na loja. Se você estiver passando a uma quadra da loja, pelo sensor que tem e pelo seu celular, através da comunicação via wi-fi, a loja, integrada com o business inteligence, vai conseguir identificar que você estava em uma rede social procurando um determinado produto e o estabelecimento vai te oferecer esse produto com desconto. Ela vai atrair você para dentro da loja”.

Uma verdadeira revolução, mas que, para a gente, ainda está engatinhando.

Share on Facebook0Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on Twitter
Gostou desse conteúdo?

Os comentários estão desativados.

Assessoria de Imprensa

NB Press
Nicole Barros
(11) 3254-6463
www.nbpress.com.br

Blog

Fique por dentro das novidades

  • Ler Post

    Setembro tem alta de 1,6% no fluxo de visitantes a shopping centers

    Levantamento realizado pela ABRASCE, em parceria com a FX Retail Analytics, aponta crescimento de 0,59% no acumulado do ano

    Gostou desse conteúdo?

    13.10.2017 - Por Equipe FX

  • Ler Post

    Agosto tem alta de 1,19% no fluxo de visitantes a shopping centers

    Levantamento realizado pela ABRASCE, em parceria com a FX Retail Analytics, aponta crescimento de 0,58% no acumulado do ano

    Gostou desse conteúdo?

    12.09.2017 - Por Equipe FX

  • Ler Post

    Saiba como a IoT pode aprimorar programas de fidelidade no varejo físico

    Os programas de fidelidade se consolidaram como grande trunfo do varejo para criar um hábito de compras recorrentes dos clientes em troca de bonificações.

    Gostou desse conteúdo?

    29.08.2017 - Por Walter Sabini Junior

todos os posts