Visitas a shopping centers tem leve queda em janeiro de 2016

Por Equipe FX em 10.02.2016 às 13h13

Compartilhe

Para os shopping centers, o mês de janeiro tende a ser mais fraco por conta de outros gastos dos consumidores no início do ano. Porém, a crise econômica no Brasil fez as pessoas diminuírem até mesmo as visitas aos centros de compra. Em janeiro de 2016, o fluxo de visitantes caiu 0,6% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Entenda os números:

Os dados são do índice IVSC, realizado pela ABRASCE em parceria com a FX Flow Intelligence, empresa especializada no monitoramento de fluxo de visitantes. A pesquisa é mensal e leva em conta os dados obtidos pela companhia no acompanhamento dos consumidores nos principais centros de compras do país.

O número se manteve estável sobretudo ao bom desempenho da Região Sudeste, que registrou alta de 4,53% no mesmo período analisado. Em contrapartida, os shopping centers sulistas tiveram uma retração de -7,88% no total de visitantes.

JAN 16 X JAN 15

“Essa ligeira queda é reflexo da crise econômica no país. Com menor poder de consumo, os brasileiros simplesmente evitam estar nestes espaços para reduzir chances de compras”, comenta Marcelo Tavares, CEO da FX Flow Intelligence.

Na comparação com dezembro de 2015, a queda foi mais abrupta, com -19,43%. O desempenho em janeiro já era esperado com desaceleração por dois motivos: primeiro, a alta demanda dos shopping centers durante o período natalino; depois, a tendência do primeiro mês do ano ser mais fraco que os demais.

JAN 16 X DEZ 15

 

Menos inaugurações de shoppings

Segundo a ABRASCE, em 2015, foram inaugurados 18 novos shoppings, já em 2014, foram 25.

Por outro lado, a ABRASCE celebra alta de 6,5% nas vendas em relação a 2014, atingindo o total de R$ 151,5 bilhões. O Sudeste concentrou o maior faturamento em 2015: R$ 87 bilhões. E a associação estima que o mesmo ritmo de crescimento nas vendas ocorra em 2016.

Deixe seu comentário
*
*

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.