Fluxo de visitantes a shopping centers sobe 0,59% em fevereiro, aponta IVSC

Por Equipe FX em 27.03.2019 às 02h56

Compartilhe

Pesquisa mostra que número de visitantes nos centros de compras subiu na comparação com o mesmo período do ano anterior

O Índice de Visitas a Shopping Centers (IVSC) registrou um ligeiro aumento de 0,59% no fluxo de visitantes nos shopping centers, em todo o Brasil,em fevereiro de 2019, na comparação com o mesmo período de 2018. Os dados são da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) em parceria com a FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo.

Fluxo de visitantes a shopping centers sobe 0,59% em fevereiro, aponta IVSC

O número positivo foi obtido graças à região Nordeste, que registrou crescimento de 4,48%. As outras três regiões analisadas tiveram quedas. O Centro-Oeste caiu 2,25%, seguido por índices negativos do Sul (-2,15%) e Sudeste (-1,26%).

“Fevereiro é um mês em que as pessoas estão retornando suas rotinas, após as férias escolares. Ainda assim, o mês segue a trajetória de fluxo positivo, reflexo do investimento dos empreendimentos em inovação e em um mix de lojas e serviços que atende os novos desejos do consumidor”, afirma Glauco Humai, presidente da Abrasce.

Na comparação com janeiro de 2019, o IVSC apresentou números negativos. O declínio nacional foi de 2,20%, com retração nas quatro regiões. O pior desempenho foi no Centro-Oeste, com -3,48%, seguido pelo Nordeste, com -2,14%, Sudeste, -1,70%, e Sul, -1,51%. No acumulado dos dois primeiros meses de 2019, a queda é de 4,03% no país.

Pedro Paulo Silveira, Economista Chefe da Nova Futura Investimentos, explica que o índice positivo anual já reflete uma retomada da confiança dos consumidores. “Após um desempenho fraco já esperado em janeiro, os centros de compras começam a se recuperar graças a um maior envolvimento das pessoas com o consumo”.

Já Walter Sabini Junior, sócio fundador da FX Retail Analytics, aponta que o mês de fevereiro antecede datas importantes para o varejo físico, como Carnaval, Páscoa e a Semana do Consumidor. “São ótimas oportunidades para os lojistas desenvolverem estratégias de aproximação com os consumidores, esquentando as vendas após o início do ano”.

Fluxo menor, faturamento maior

Neste mês, o IVSC também apresenta indicadores do que foi vendido em lojas físicas nos shopping centers do Brasil em parceria com a fintech Finanças 360º. A empresa, especializada em sistema de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e médio varejista, trouxe a variação da quantidade e do valor comercializado.

Na comparação com fevereiro de 2018, os centros de compras tiveram uma queda de 0,92% na quantidade de vendas realizadas e de 6,30% no valor faturado. Já em relação à janeiro de 2019, houve uma queda brusca de 16% no número de transações, mas com um aumento de 13% no volume financeiro total.

“Isso indica que, por mais que as pessoas tenham visitado e comprado menos em relação à janeiro de 2019, as transações realizadas foram de altos valores, compensando esses indicadores negativos no faturamento total do mês”, explica Henrique Carbonell, sócio-fundador da Finanças 360º.  

Deixe seu comentário
*
*

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.