Dia dos Namorados e Festas juninas aumentam o número de visitantes em lojas físicas, aponta FX Retail Analytics

Por Equipe FX em 26.07.2019 às 17h34

Compartilhe
Dia dos Namorados e Festas juninas aumentam o número de visitantes em lojas físicas, aponta FX Retail Analytics

Quantidade de visitantes em junho foi maior em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a pesquisa feita em parceria com a fintech Finanças 360º 

A agenda do Dia dos Namorados e das Festas juninas aumentou o fluxo de visitantes nas principais lojas de compras do país. Essa é a conclusão do levantamento realizado pela FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo. 

A companhia levantou os dados de visitação no período, e constatou que o fluxo de consumidores em junho de 2019 foi maior do que no ano anterior, com alta de 5,13%. Em relação a maio deste ano, também houve aumento de 3,76%. “O Dia dos Namorados é uma data onde o valor da experiência ganha protagonismo. As pessoas são atraídas por diversas ações em que a presença é fundamental, pois há um apelo sentimental diferente onde faz muito sair de casa, seja para escolher algo para alguém especial, seja para curtir um programa”, analisa Flávia Pini, CMO da FX Retail Analytics. 

Fluxo maior, vendas nem tanto

Já o volume financeiro e a quantidade de transações registraram queda na comparação com maio de 2019. Os dados são obtidos em parceria com a fintech Finanças 360º, plataforma de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e médio varejista.

Em relação ao mês das mães deste ano, os centros de compras registraram quedas de 2,38% na quantidade de vendas realizadas e de 8,03% no valor faturado. Em contrapartida, na comparação com o mesmo período de 2018, houve um aumento de 10,67% no número de transações e de 0,75% no volume financeiro total. 

“Os dados reforçam que o mês de junho tende a ser mais fraco do que maio por conta do Dia das Mães, uma data que tradicionalmente movimenta produtos de maior valor. A boa notícia é que, em comparação com junho de 2018, houve recuperação, mostrando que o setor está retomando seu crescimento”, comenta Henrique Carbonell, sócio-fundador da Finanças 360º. 

Deixe seu comentário
*
*

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.