Fluxo de visitantes a shopping centers cai 2,89% em setembro, de acordo com IVSC

Por Equipe FX em 14.10.2019 às 13h48

Compartilhe
Fluxo de visitantes a shopping centers cai 2,89% em setembro, de acordo com IVSC

Quantidade de visitantes em centros de compras no país também foi menor na comparação com agosto de 2019

O Índice de Visitas a Shopping Centers (IVSC) registrou uma queda no fluxo de visitantes nos shopping centers brasileiros, em setembro  de 2019, se comparado com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) em parceria com a FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo.

O indicador caiu 2,89% em todo o território nacional em relação a setembro de 2018. A região Sul foi a única que cresceu, com 2,64%. As regiões Nordeste e Sudeste tiveram uma queda de -0,54% e -3,90%, respectivamente. 

Na comparação com agosto de 2019, o IVSC também obteve um desempenho negativo, com queda de 2,77% em todo o território nacional. As três regiões caíram no índice. O Sudeste teve um recuo de 3,17%, enquanto que o Sul caiu 3,25% e o Nordeste 3,84%. No acumulado do ano, a queda é de 2,22%. 

Pedro Paulo Silveira, Economista Chefe da Nova Futura Investimentos, aponta que a queda no fluxo de visitantes está relacionada à dificuldade do governo federal de implantar as reformas necessárias para estimular o crescimento econômico. “A Reforma da Previdência, por exemplo segue em tramitação e ainda há muito debate sobre as propostas econômicas”. 

Para Flávia Pini, CMO da FX Retail Analytics, o baixo índice reflete o intervalo entre as datas sazonais importantes do segundo semestre. “O mês de setembro naturalmente tem uma queda no consumo, uma vez que em agosto há o Dia dos Pais e, a partir de outubro, começam as compras de Dia das Crianças, Black Friday e Natal”. 

Indicador de vendas também registrou queda em setembro

A queda no número de visitantes em shopping centers no mês de setembro impactou as vendas. O levantamento do IVSC mostra recuo tanto na quantidade de transações quanto no faturamento em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são obtidos em parceria com a fintech F360º, plataforma de gestão de varejo para franquias, e pequenos e médios varejistas. 

Na comparação com setembro de 2018, os centros de compra registraram declínio de 10,40% na quantidade de vendas realizadas e de 4,59% no valor faturado. Na comparação com agosto de 2019, houve um recuo ainda maior, de 21,73% no número de transações e de 18,45% no volume financeiro total. 

“O consumo normalmente acompanha a quantidade de fluxo de visitantes. Quanto menos pessoas estiverem circulando entre as lojas, naturalmente haverá uma queda nas vendas, principalmente em um mês sem atrativos comerciais para o consumidor”, comenta Henrique Carbonell, sócio-fundador da F360°


Deixe seu comentário
*
*

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.