Movimentação nas lojas cresce 10,35% na Black Friday, indica estudo de FX Retail Analytics e F360º

Por Equipe FX em 13.12.2019 às 12h52

Compartilhe
Destaque ficou para região Nordeste, que, sozinha, concentrou um aumento de 17,22%; produtos eletrônicos são preferência dos brasileiros na data...

Destaque ficou para região Nordeste, que, sozinha, concentrou um aumento de 17,22%; produtos eletrônicos são preferência dos brasileiros na data  

São Paulo, dezembro de 2019 – Mesmo num quadro de recuperação lenta da economia, a Black Friday 2019, uma das mais importantes datas para o varejo, convenceu os brasileiros a saírem de casa e a visitarem as lojas. É o que aponta o Índice de Visitas as Lojas Físicas, levantamento realizado em conjunto pela FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo, e F360º, plataforma de gestão de varejo para franquias, pequenos e médios varejistas. 

Segundo a medição, que considerou o período que vai da sexta-feira (29) ao domingo (01), o fluxo de visitas às lojas cresceu 10,35% em todo o País em relação ao mesmo intervalo de tempo da Black Friday do ano passado. O destaque ficou para a região Nordeste, que, sozinha, concentrou um aumento de 17,22%. A região Norte teve alta de 13,40%, a Sudeste, de 10,37%, e o Sul, de 1,63%. Apenas a região Centro-Oeste registrou queda de -0,51%. 

A FX e a F360º também avaliaram a movimentação das lojas uma semana antes do evento (entre os dias 22 e 29), que compreende o período de “esquenta Black Friday”. Nele, foi observado um aumento de 8,65% no fluxo de consumidores em lojas de todo o País.

Quanto aos segmentos de consumo, a pesquisa identificou que os eletrônicos seguem sendo a preferência dos brasileiros na hora de saírem às compras na Black Friday: o segmento registrou uma alta de 17,23% na procura em lojas.  Atrás estão os segmentos de utilidades domésticas (16,49%), ótica (15,43%), chocolateria (14,71%), calçados (8,68%), beleza (5,35%) e moda (2,39%). 

“O aumento no fluxo de visitantes em lojas mostra que a Black Friday é um evento consistente na agenda do varejo brasileiro. O período tem se tornado propício para adiantar as compras de final de ano e movimentado o faturamento das companhias”, explica Flávia Pini, CMO da FX Retail Analytics.

Fluxo de caixa fica positivo no varejo físico

O aumento no número de visitantes nas lojas físicas também impactou positivamente as vendas. De acordo com dados da fintech F360º, houve um aumento de 29,4% no fluxo de transações no varejo no período da Black Friday. A região Sul foi a maior beneficiária do evento, tendo observando um salto de 43,8% na movimentação de caixa.  

“Não é por acaso que o IBGE divulgou recentemente que o consumo de famílias está impactando no crescimento do PIB. O desempenho do varejo na Black Friday é mais uma prova de que os brasileiros estão voltando às compras”, afirma Henrique Carbonell, co-fundador da F360º.  


Notice: Undefined variable: aria_req in /home/fxdataha/public_html/wp-content/themes/fx_v3/comments.php on line 65

Notice: Undefined variable: aria_req in /home/fxdataha/public_html/wp-content/themes/fx_v3/comments.php on line 70
Deixe seu comentário
*
*

© 2020 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.