Fluxo nos shopping centers tem queda de 15%

Por Equipe FX em 04.06.2018 às 19h36

Compartilhe

Fluxo nos shopping centers tem queda de 15%A paralisação dos caminhoneiros fez com que o fluxo de pessoas nos shopping centers do País apresentasse queda de 15% na semana da greve. O levantamento foi realizado pela Abrasce com a FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo.

A análise levou em consideração o período de início da greve, na semana do dia 21 a 27 de maio, em comparação com a semana anterior. “Acompanhamos de perto a paralisação e o reflexo dos impactos no setor. De imediato, os empreendimentos seguiram com plano de contingência para garantia da segurança e bom funcionamento das operações”, declara Glauco Humai, Presidente da entidade.

De acordo com o estudo, a região mais foi impactada foi a Nordeste, com 18%, seguida da Sul, com 14% e da Sudeste, com 13%. “Alguns clientes optaram por não sair de casa em razão da economia de combustível e essa escolha refletiu no fluxo dos shoppings”, afirma Walter Sabini Junior, sócio-fundador da FX Retail Analytics.

A análise levou em consideração o período de início da greve, na semana do dia 21 a 27 de maio, em comparação com a semana anterior. De acordo com o estudo, a região mais foi impactada foi a Nordeste, com 18%, seguida da Sul, com 14% e da Sudeste, com 13%. “Muito atrelada à mobilidade do automóvel, muitos consumidores optaram por não frequentar os shopping-centers nesse período em razão da economia de combustível”, afirma Walter Sabini Junior, sócio-fundador da FX Retail Analytics.

Leia na íntegra neste link

Esse artigo também foi publicado em:

Tribuna do Norte

Bem Paraná

Tribuna Ribeirão

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.