Lojas de eletrônicos foram as mais frequentadas em agosto de 2019

Por Equipe FX em 20.09.2019 às 12h21

Compartilhe

Lojas de eletrônicos foram as mais frequentadas em agosto de 2019

As lojas de eletrônicos registraram um aumento de 6,58% no fluxo de visitantes em agosto, na comparação com o mesmo período de 2018. Em parte, este aumento do movimento aconteceu devido ao Dia dos Pais, que favorece a frequência das lojas e os equipamentos eletrônicos são uma opção comum de presente nesta época do ano. O levantamento dos dados foi feito pela FX Retail Analytics, empresa especializada em monitoramento de fluxo para o varejo.

Dos demais segmentos analisados, apenas o de Ótica registrou crescimento, de 0,74%. As demais categorias analisadas registraram queda, sendo elas: Chocolateria (-1,77%), Calçados (-1,79%), Beleza (-2,25%), Moda (-2,33%) e Utilidades Domésticas (-4,69%).

Na comparação entre o fluxo nas lojas em agosto e o mês anterior, o setor que registrou maior alta foi o de Moda, com 4,09% de aumento. Eletrônicos ficou em segundo lugar, com crescimento de 1,74%, seguido por Chocolateria, com 1,24%, e Calçados, com 0,33%. O segmento de Beleza apresentou queda de 0,16%, assim como Ótica (-5,19%) e Utilidades Domésticas (-8,57%).

A região do Brasil que teve a maior alta no fluxo de visitantes em agosto de 2019, na comparação com agosto de 2018, foi o Centro-Oeste, que teve crescimento de 5,82%. O Norte e o Nordeste tiveram altas de, respectivamente, 4,47% e 3,21%. As regiões Sudeste e Sul sofreram queda no fluxo de visitantes este ano, de 3,21% e 4,50%.

Em relação ao mês anterior, o Índice de Lojas Físicas registrou um maior fluxo de visitantes na região Norte, com 4,78%. O Centro-Oeste apresentou alta de 2,47%, seguido pelo Sudeste, com crescimento de 1,1%. As regiões Nordeste e Sul tiveram resultado negativo, com diminuição do índice de 2,75% e 6,08%, respectivamente.

“O mês de agosto tem o Dia dos Pais para impulsionar as vendas e os dados mostram a importância que as lojas físicas possuem em todas as regiões, atuando como um hub importante de relacionamento com os consumidores”, explicou Flávia Pini, CMO da FX Retail Analytics.

O aumento no número de visitantes teve influência nas vendas. Houve um aumento no faturamento em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com agosto de 2018, as lojas analisadas tiveram um aumento de 1,41% no valor faturado, ainda que o total de vendas tenha caído 3,74%.

Na comparação com julho de 2019, contudo, houve um crescimento expressivo de 13,58% no número de transações e de 11,91% no volume financeiro total. Os números são fruto de uma parceria com a F360º, plataforma de gestão de varejo para os pequenos e médios negócios.

Leia na íntegra neste link

Jornal Dia a Dia

 

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.