Saiba como utilizar os indicadores

Por Equipe FX em 30.03.2016 às 21h16

Compartilhe

indicadores

Acaba produzindo pouco efeito.São muitos os indicadores úteis para a melhoria da gestão de um negócio, mas isolados cada um deles acaba produzindo pouco efeito.

É uma espécie de mix entre eles que faz toda a diferença. Como afirma  Marcelo Tavares, CEO de uma da empresa de consultoria de inteligência para o varejo FX Flow Intelligence. “Dados isolados são somente dados. Não vale nada simplesmente contar os visitantes se você não usar este dado para cruzar com outros e gerar informação. Você tem que saber qual a taxa de conversão do ponto de venda, por onde seu consumidor está circulando, cruzar isso com informações de CRM, impactar o consumidor enquanto ele está no seu ponto de venda etc. Depois que ele foi embora e não deixou nada no caixa, a oportunidade se foi”. analisa o CEO.

Tavares brinca que gerir um PDV somente – e de maneira avulsa – pelo faturamento, ticket médio ou peças por atendimento é gerir pelo retrovisor, ou seja, olhar para o que ficou para trás. Significa dar foco somente ao resultado e negligenciar a oportunidade estratégica.

“E todas as oportunidades ligadas aos clientes que entraram e não compraram? Elas podem revelar muitos fatores desconhecidos pela gestão, como uma equipe de vendas trabalhando mal o cliente, um planograma de produtos inadequado, uma distribuição da equipe de vendas em desacordo com o fluxo, falta de treinamento, entre outras possibilidades” , pondera antes de concluir:  “Vale dizer ainda que a forma mais justa de se comparar o desempenho de diferentes lojas de uma rede é pela taxa de conversão em vendas e não pelo faturamento absoluto”.

Saindo do abstrato

Ao aplicarmos seu conceito em uma situação prática, podemos observar que indicadores estáticos não são suficientes para o alcance dos resultados buscados, mas é o cruzamento de uns com os outros que oferece o norte para melhores estratégias de negócio. Observe o exemplo dado por Felipe Azevedo, sócio-diretor da Eguru:

“Vruzar os indicadores de negócio com o mapa de competências dos profissionais permite ter um inventário de talentos e aos profissionais, entender e atuar exatamente nos pontos que levarão a uma performance superior”.

 

Fonte: Revista Novo Varejo, página 14.

© 2019 FX - Retail Analytics - Todos os direitos reservados.